Domingo, 25 de Abril de 2010

25.04.2008

(título, uma data que nunca me vai passar despercebida, por mais anos que passem, por mais que eu mude)

 

É incrível como o tempo passa, as coisas mudam, mas as memórias ficam, e com elas, o carinho e amizade que agora sinto por ti.

Poderia falar de tudo o que já passamos, de tudo o que já senti, mas já não faz sentido, é algo que vou guardar como um tesouro só meu, muito precioso, verdadeiramente especial.

Especial, aquilo que dizes que fui e sou para ti, e hoje percebo exactamente o que queres dizer com isso, pois é mútuo, és também especial para mim, e isso significa mais do que parece, ambos sabemos disso.

Poderia dizer que é um especial, especial, se é que dá para perceber, eu percebo e tenho a a certeza que tu também. Perceber é coisa que também sempre fizemos, sempre te entendi, mesmo quando não dizes nada, adivinho o que queres dizer, tenho ideia do que estas a pensar e sei o que sentes, sempre, quase sempre.

Tudo aquele amor não desapareceu, continua aqui comigo, simplesmente amadureceu, tal como uma maça, amadureceu tão devagar que nunca chegou a apodrecer, nunca nenhum de nós se chateou, nunca existiu sequer um fio de ódio entre nós. Sempre fui paciente, até demais, sempre te soube ouvir, e tu a mim, mesmo que seja com menos frequência.

Sabes porque é que o que nos temos é bonito? Na verdade sempre fomos uma espécie de amigos, conversar é connosco, de tudo e de nada, sem qualquer problema em dizer o que realmente queremos dizer, a sinceridade faz parte da nossa história.

Finalmente não sinto tristeza ao lembrar-me de ti, e isso sabe tão bem, porque algo tão bom não deveria trazer lágrimas, apenas saudades e sorrisos.

Sinto realmente um grande carinho por ti, sei que agora é o sentimento mais adequado que pode existir entre nós, talvez um dia nos voltemos a cruzar numa esquina e sorrir, começando algo de novo, melhor ainda, tão especial como o que já temos.

 

(sei que nunca te vais esquecer de mim, e muito menos eu de ti, pode não parecer assim tanto, mas o que senti foi tudo)

 

 

*beijinhos*

sinto-me: bem
música: qualquer uma que me faça lembrar de nós
cozinhado por Maria às 19:18
link do post | e que tal (?) | adicionar aos preferidos
.:
De Rita a 27 de Maio de 2010 às 16:04
Bem, estou a enriquecer a minha lista de favoritos à custa do teu blog. As vossas conversas têm o seu quê de loucura (ahah), mas não há dúvida de que tudo o que referiste aqui é verdade :)
Beijinhos ^^


De lostdreams a 28 de Abril de 2010 às 21:22
obrigada pelo comentario :)


De lostdreams a 28 de Abril de 2010 às 21:11
que texto lindo... beijinhos
:)


De Rita a 26 de Abril de 2010 às 21:28
está tão, tão lindo! ainda bem que não te esqueces, só mostra que as coisas que passaram foram realmente boas e importantes! dignas de serem relembradas com um sorriso na cara! :)


De inês. a 26 de Abril de 2010 às 21:20
Querida, agradeço imensooo, mas o template não tem essa opção $: beijinhos :)


De Maria a 27 de Abril de 2010 às 18:53
ok querida :)

*beijinhos*


De Catherine a 26 de Abril de 2010 às 21:00
eu ainda me lembro desse dia!
e tu e ele são tão mongas. ahahah
beijinho <3


dar opinião

.um pedacinho extra

.pesquisar

 

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.migalhas recentes

. chegou a hora

. apetece-me

. Puzzle

. encontrei-te mio ragazzo

. sou humana

.velhos doces

.tags

. todas as tags

.preferidos

. expecto patronum

. bom mesmo .

. Eu queria-te aqui.

. Apontamento.

. Eu quero, mas tu não deix...

. Corpo, alma e coração.

. Desabafo #11 (eu quero sa...

. crazy with it, crazier wi...

. Estou fora para te esquec...

. Are you worth it?

.ando por ai

.(L)


Image Hosting by imagefra.me

.musica

.informação

As imagens são todas tiradas da internet, quando não forem, eu avisarei.