Domingo, 21 de Novembro de 2010

"até um dia", lembras-te?

Nem sei bem o que dizer, e muito menos o que fazer.

Eu no fundo sempre soube que o "até um dia" ia ser levado à letra, estava carregado de veracidade, mas entretanto já me tinha começado a deixar de lembrar disso, acabando por acreditar que tinha sido um fim e não uma despedida.

Afinal de contas, não tenho forças para te dar para trás, és tu, para quem eu me farto de escrever, com quem eu me farto de sonhar, és tu quem eu quero e de quem tenho saudades.

Já viste a ironia? Neste preciso momento dizes-me que gostavas de ver o meu blog, e nem deves imaginar que estou a escrever para ti.

Só te digo uma coisa, dá os parabéns a tua bisavó de 90 anos, que deve ser uma senhora adorável.

 

 

Espera-me uma semana das más, como as próximas que virão. Mas vai correr bem.

 

*beijinhos e bom resto de domingo*

sinto-me: não me sinto
música: rádio.
Terça-feira, 16 de Novembro de 2010

não é justo

A escola continua no bom caminho, a meu ver. O ballet cada vez se torna mais interessante, na medida em que vou sabendo fazer melhor os exercícios, cada vez quero saber mais e fazer melhor.

 

Mas a minha vida não é justa, o dia de ontem não foi justo, isto tudo não é justo, eu não mereço.

 

Mesmo depois de te voltar a ver, e de perceber que também tive importância na tua vida, nunca acreditei que fosse possível receber uma mensagem tua.

Tu, que supostamente ainda eras comprometido e por natureza és super casmurro, tu que erraste e não te preocupas-te comigo, tu que me fizeste mal e me magoas-te sem sequer teres noção. Era de ti, desse  tu, que eu nunca esperava uma mensagem. Mensagem essa tão natural, tão ingénua, tão inocente, ao contrário de ti e do que se passou.

Mas afinal o que queres? Gostava mesmo de saber o real "porquê" dessa atitude. Lembraste-te de mim? Assim sem mais nem menos? Ou bastou ver-me mais de uma vez num mês para o fazeres? Mas sabes, quero que me deixes, larga-me, não venhas mais ter comigo, não podes mais vir ter comigo. E sabes porquê? Eu lá no fundo não desejo tanto nada como isso, mas não quero, e o querer tem de ser mais forte do que o desejo.

Podias tê-lo feito noutro dia qualquer, mas não, foi ontem. Logo ontem que eu consegui ter uma conversa decente com ele, logo ontem que eu estava contente e me sentia bem, logo ontem, depois de ter sonhado tantas vezes contigo.

 

 

*beijinhos e boa semana*

sinto-me: revoltada
música: Eminem - Love The Way You Lie ft. Rihanna
cozinhado por Maria às 11:39
link do post | e que tal (?) | adicionar aos preferidos
Domingo, 7 de Novembro de 2010

resumo semanal, e que semana

Com a escola vai tudo bem, dentro do possível, até porque tive uma folga grátis, devido a uma fuga de água, na quarta-feira.

 

Já tinha saudades do ballet, só faltei duas vezes e já tinham três exercícios novos, mas está tudo bem.

 

Finalmente já está mais frio, digo isto porque gosto de sentir o frio, para poder sentir o aconchego do calor das mantas no sofá e do leite quente. Já para não falar da roupa nova de inverno que tenho.

 

Para me fazer mudar a semana, pouco antes desta acabar, surgiste, como vindo do nada, porque à mesmo muito tempo que não via tal feição.

 

" Tenho imensas saudades tuas, ninguém pode perceber o quanto sinto a tua falta.

Tento fingir que te apaguei do meu passado e segui em frente com a minha vida, tal e qual como tu fizeste sem sequer olhar para trás. Mas nem sequer consigo sentir que esta vida me pertence.

Sem ti tudo é uma fantasia, tudo faz parte da publicidade que passa a meio do filme; para além de ti, tudo é apenas um intervalo da vida real. A realidade ficou contigo, no último beijo que te dei. Quando deixei parte do meu coração contigo e não cuidaste dele, não o consideras-te precioso e agora, sozinha, não consigo encontra-lo. Ficou perdido no tempo, e só tu podes voltar a situá-lo.

Lembrar-me de ti é sentir-me verdadeira, sentir que existo e pertenço a este mundo, mundo que foi nosso por momentos e onde houve um nós.

Desde então, nunca mais voltei a ser um eu, só e apenas eu. "

 

 

*já acabei de ler o livro, "O Mundo em que vivi", de Else Losa, é bonito.

*beijinhos e boa semana*

sinto-me: sinto-me eu
cozinhado por Maria às 20:48
link do post | e que tal (?) | adicionar aos preferidos

.um pedacinho extra

.pesquisar

 

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.migalhas recentes

. "até um dia", lembras-te?

. não é justo

. resumo semanal, e que sem...

. Pânico

. ainda continuas bem vivo

.velhos doces

.tags

. todas as tags

.preferidos

. expecto patronum

. bom mesmo .

. Eu queria-te aqui.

. Apontamento.

. Eu quero, mas tu não deix...

. Corpo, alma e coração.

. Desabafo #11 (eu quero sa...

. crazy with it, crazier wi...

. Estou fora para te esquec...

. Are you worth it?

.ando por ai

.(L)


Image Hosting by imagefra.me

.musica

.informação

As imagens são todas tiradas da internet, quando não forem, eu avisarei.