Terça-feira, 2 de Novembro de 2010

Boa semana

Os testes já foram, sem contar com o trabalho individual para realizar em aula, tendo o valor de um teste, em filosofia, (a minha querida filosofia).

 

Para além do feriado, esta semana tenho uma visita de estudo à Assembleia da República, na quinta, e quarta, quarta logo contarei.

 

Recebi o teste de matemática A, tive 15,1, não me posso queixar, mas tendo em conta as notas que tinha o ano passado, foi baixa (mas vai tudo correr bem).

 

Tenho um computador portátil novo, um sony vaio preto - o meu menino.

 

 

 

E não tenho mais nada desinteressante para vos dizer, boa semana minhas queridas.

*beijinhos*

sinto-me: mais leve
Domingo, 3 de Outubro de 2010

Mais do que eu esperava

Como já tinha dito, infelizmente, de facto não consigo vir ao blog, a não ser ao fim-de-semana.

Dizendo com isto, que de facto o 10º ano é trabalhoso, no sentido de termos as mesmas disciplinas várias vezes na semana, e de isso se traduzir em trabalhos de casa que têm de ser feitos em pouco espaço de tempo. Nem chegando a falar dos trabalhos e relatórios que já estão a começar, e com prazos mais curtos do que eu estava habituada.

Contudo, na verdade, nada disto seria problemático, se não se tratasse da minha média, média que decidirá o meu futuro.

Mas tudo irá correr bem, certo?

 

Falando daquilo que me faz descontrair, a professora de ballet diz que estou a evoluir, apesar de eu ainda me sentir meia atrapalhada no meio daqueles exercícios todos.

 

 

(ADORO-OS)

 

Ah e já agora, alguém já leu o livro "A Trança de Inês", de Rosa Lobato de Faria? É que estava a pensar escolhe-lho como livro para ler e apresentar à turma, para um trabalho de Português.

sinto-me: uma estudante
música: Katy Perry - Who Am I Living For
Terça-feira, 13 de Julho de 2010

Até um dia.

Eu sei que não tenho vindo aqui recentemente, não tenho tido muito tempo sozinha, por causa da minha prima. E sinto falta, logo eu que sou muito de estar comigo, e só para mim.

 

Sinceramente, foste, mais do que tudo, um sonho perdido, uma desilusão, uma falha, um mal entendido, ou talvez não. Posso também dizer que foste tudo o que esperava e mais um pouco, tudo o que eu queria, uma confirmação, um sonho realizado e superado, uma prova bem sucedida e com bónus.

Foste o que devias ser, e eu sempre soube que isto ia acontecer, como se ao olhar para ti visse inscrito que, nem que fosse por um momento, ias ser meu e eu tua, mais tua do que ninguém.

Apesar de quase não acreditar, de tão bom que era, mesmo sabendo no fundo que sempre esteve para acontecer, também achava que não era desta, mas fazia tudo para ignorar essa hipótese, estava bem e não queria por nada neste mundo deixar de me sentir assim, sentia-me completa, de coração cheio e de boa saúde. Contudo desde sempre, como já disse, achava-te demasiado, e isso fazia-me ter medo, mesmo quando aparentemente e penso que literalmente, tudo estava bem.

Apesar de todas as más explicações para tudo isto, eu ainda consigo acreditar na melhor das hipóteses, aquela em que tu simplesmente não te apaixonaste, porque não estava na hora, não era o momento, a altura certa. Não o fizeste por querer, bem como das outras vezes mais suaves, não aconteceu, nós próprios chegámos a essa conclusão, nenhum de nós teve culpa, naturalmente não calhou.

Mas sabes uma coisa, meu Barbudo? O que tens de saber, é que depois de te dizer o que devia dizer, depois de responderes como se tivesses razão, depois de concordares que eu merecia mais consideração e pedires desculpa, depois de dizeres que só não tinha sido o que pensavas e entretanto (...), depois de eu ironicamente pedir desculpa por não ter correspondido as expectativas e de me dizeres para não ser parva, porque não era isso que estavas a querer dizer, depois de eu dizer que também não estava para me zangar contigo, pois eu é que perdia, depois destas mensagens que me fizeram sentir mais leve, mas me custaram imenso a enviar e receber, veio um "Até um dias destes." da minha parte e um "Até um dia." da tua parte, e só quero que saibas, quer dizer, quero que não te esqueças, porque ambos sabemos que o mais provável é este "Até um dia" ser levado à letra.

 

 

Digo-te mais uma vez, até um dia, quando estiveres pronto para ser só meu, sendo que um parte de ti já é e será sempre minha. Não te digo literalmente que fico à tua espera, mas vou esperar por nós.

 

 

P.s.: Fui hoje ver as notas dos exames, tive 3 a português, o que manteve o meu 4, e tive 4 a matemática, o que manteve o meu 5. O resto das notas já tinha visto a mais tempo como é óbvio, mas só agora é que digo, tive 4 a francês, inglês e educação física e às restantes 5.

 

*beijinhos e até sempre*

sinto-me: contigo
música: Better Days - The Goo Goo Dolls

.um pedacinho extra

.pesquisar

 

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.migalhas recentes

. Boa semana

. Mais do que eu esperava

. Até um dia.

. sorte

. Blá, blá, blá.

.velhos doces

.tags

. todas as tags

.preferidos

. expecto patronum

. bom mesmo .

. Eu queria-te aqui.

. Apontamento.

. Eu quero, mas tu não deix...

. Corpo, alma e coração.

. Desabafo #11 (eu quero sa...

. crazy with it, crazier wi...

. Estou fora para te esquec...

. Are you worth it?

.ando por ai

.(L)


Image Hosting by imagefra.me

.musica

.informação

As imagens são todas tiradas da internet, quando não forem, eu avisarei.