Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010

Dei-te quase tudo

Ao contrário do que tu dizes, do que tu provavelmente realmente pensas, nunca te exigi nada, nunca quis nada em troca, nada mais do que sabia que me podias e estavas disposto a dar.Atrevo-me mesmo a dizer que fui a pessoa a quem menos deste e que mesmo assim te deu quase tudo.

Por um lado consigo imaginar onde te baseias para dar tal desculpa, eu de facto dou-te demasiada importância, muita mais do que alguma vez sonhaste dar-me, mas isso não é motivo para fazeres o que fazes. Não mando no que sinto, apenas no que faço e disso não te podes queixar, nem te atrevas sequer.

Po routro lado, a tua ideia é ridícula, descabida e soa a desculpa esfarrapada, de tal modo que na minha cara e a mim mesma não a dás. Sabes bem que não é motivo para nada, não faz sentido.

Estava disposta a lutar por nós, mais uma vez completamente sozinha, sem metade de mim, apenas com um meio da força, 0,5 da coragem, dois quartos de esperança e sem nenhumas certezas. Lutar para preencher o vazio que deixas, para que o voltes a preencher, preenchendo-me a mim.

 

*beijinhos*

sinto-me: vazia
cozinhado por Maria às 18:30
link do post | e que tal (?) | adicionar aos preferidos
Quinta-feira, 26 de Agosto de 2010

Num dia de sol

Sinto os raios a penetrar-me a pele, como se preenchessem o grande vazio dentro de mim. Mas a sensação é passageira, os raios atravessam de um lado ao outro, como se eu fosse transparente, realmente vazia.

Podia-me preencher com a companhia da família, amigos, a minha própria companhia; ouvir as melhores musicas, ver os meus filmes favoritos, comer o gelado mais saboroso, mas ficaria sempre parcialmente sem nada.

Nada disso, nem mesmo tudo isso me completa dos pés à cabeça. Ia sempre faltar uma peça do puzzle, um capitulo do livro, uma foto no álbum, até mesmo o arco-íris teria só teria seis cores e os mandamentos seriam nove, os elementos passariam a três e o meu mundo nunca mais voltaria a ter equilíbrio.

Ficarias sempre a faltar tu, ficas sempre a faltar tu.

Não sei se dizer isso é o mais correcto, talvez não sejas tu em concreto o complemento da minha vida. Mas falta algo, e uma coisa é certa, tu fazes-me falta.

 

*beijinhos*

sinto-me: vazia
música: Katy Perry - The One That Got Away
Sábado, 14 de Agosto de 2010

ainda estás comigo

 

Não me saias da cabeça.

Por mais que eu tente, lembro-me de ti. Ainda sinto as tuas mãos na minha cintura, ainda te vejo a olhar para mim com um ar adorável, ainda te oiço a contar-me coisas.

Tu deixaste-me mas eu não te deixei, ainda não larguei a tua mão, não me sinto livre, escondi a chave que me prende e não me lembro onde.

Ainda estás aqui comigo, no meu coração.

 

*beijinhos*

sinto-me: sozinha

.um pedacinho extra

.pesquisar

 

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.migalhas recentes

. Dei-te quase tudo

. Num dia de sol

. ainda estás comigo

. novamente sozinha

. Até um dia.

.velhos doces

.tags

. todas as tags

.preferidos

. expecto patronum

. bom mesmo .

. Eu queria-te aqui.

. Apontamento.

. Eu quero, mas tu não deix...

. Corpo, alma e coração.

. Desabafo #11 (eu quero sa...

. crazy with it, crazier wi...

. Estou fora para te esquec...

. Are you worth it?

.ando por ai

.(L)


Image Hosting by imagefra.me

.musica

.informação

As imagens são todas tiradas da internet, quando não forem, eu avisarei.