Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

Papelinho*

  

És o mal que me faz bem.

 

Sabes o que é saber que estar contigo me magoa, mas sentir que sem ti tudo me doí? É isso que sinto, sei que mais ninguém vai conseguir fazer-me feliz como tu me fizeste, nem me desiludir como tu foste capaz. És o meu maior mal, vulgarmente dito, o meu mal necessárioo. Mal que me faz sentir verdadeiramente bem, o meu pior vício, a minha ilusão, o sonho sem realização, és o bom rapaz que apenas sabe ser mau. És a minha falsa perfeição.

 

 

*beijinhos de alguém ocupadíssimo (parabéns atrasados para os 4, e um especial orbigada ao meu verde mar)*

sinto-me: agradecida
música: Katy Perry - Firework
Terça-feira, 10 de Agosto de 2010

sempre meu

Não é a primeira vez que me ligas, e pedes que te faça um favor, hoje foi mais uma vez, ir ao computador ver a hora do autocarro que precisas de apanhar.

Não é assim tão estranho, mas será que o teu irmão, os teus pais, um primo qualquer, ou um amigo, ninguém te ocorre a não ser eu (?), para pedires. Alguém com quem fales regularmente, bem mais vezes do que comigo.

Depois de tudo, eu considero-te meu amigo, mas não aquele amigo a quem peço esse tipo de coisas, isso pede-se aos amigos com quem se fala quase todos os dias, senão todos.

O mais engraçado é que não és um amigo, és o meu ex, o meu primeiro namorado, e na verdade, na teoria, o único.

Acho do melhor, continuarmos a falar assim, como já tantas vezes falamos. Não perdermos o contacto, foi sempre e é o que mais aprecio. A sério que sim, tens demasiada importância para simplesmente deixar de ter a mínima noção do que se passa na tua vida, contigo. Aliás, até sinto vontade, ás vezes, de te contar o que se passa comigo.

Tudo isto é natural para mim, simplesmente, hoje dei conta que ainda abano por ouvir a tua voz, não quero dizer com isto que ainda te amo, de longe, não é isso. Não fico nervosa, pois sinto-me à vontade, mas o meu coração ainda acelera, ainda existe pelo menos uma borboleta que bate asas dentro de mim.

E não é só isso, sinto também que uma parte de mim tem uma espécie de medo, que encontres alguém, por quem te apaixones de verdade, e eu deixe de ser a rapariga de quem mais gostaste. Sinto-te meu, e não sei se algum dia vou deixar de sentir.

Não sei o que isso significa ao certo, mas é bom. Talvez se deva por seres tão especial para mim, na minha vida. E acabo por ficar feliz por ver que te lembras de mim, não é que eu não saiba que também me consideras muito especial, mas sei lá, ter a confirmação só por te  ouvir, sabe sempre bem.

 

*beijinho como cobrança*

sinto-me: especial
música: Te amo - Rihanna
Sexta-feira, 16 de Julho de 2010

tontices de uma tonta

 

1ª - Uma pequena mudança de visual, fiz franja e estiquei o cabelo, cortando apenas as pontas e não perdendo o comprimento.

Há quem diga que pareço uma esquimó ou uma índia.

 

2ª - Um telefonema inesperado, de ti meu verde mar, és meu e eu tua, eu sempre soube, mesmo que na prática estejamos longe de o ser. Afinal quem é que está na Costa da Caparica, quer ir para o Pragal, e liga para uma ex. a pedir para lhe dizer qual o horário do autocarro que deve apanhar.

 

3ª - Fiz uma pool party, assim para reunir os colegas de turma, correu super bem a meu ver, tenho de repetir, gosto tanto deles.

Deu em mergulhos, e mais mergulhos, gritos e risos...

 

*beijinhos*


 



sinto-me: nova

.um pedacinho extra

.pesquisar

 

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.migalhas recentes

. Papelinho*

. sempre meu

. tontices de uma tonta

. um cais, um barco, um far...

. 25.04.2008

.velhos doces

.tags

. todas as tags

.preferidos

. expecto patronum

. bom mesmo .

. Eu queria-te aqui.

. Apontamento.

. Eu quero, mas tu não deix...

. Corpo, alma e coração.

. Desabafo #11 (eu quero sa...

. crazy with it, crazier wi...

. Estou fora para te esquec...

. Are you worth it?

.ando por ai

.(L)


Image Hosting by imagefra.me

.musica

.informação

As imagens são todas tiradas da internet, quando não forem, eu avisarei.